Tecnologia do Blogger.

sábado, 31 de março de 2012

Pastor Mark Driscoll explica oito verdades sobre a morte de Jesus na cruz

Com a chegada da Páscoa, o pastor Mark Driscoll que lidera a igreja Mars Hill em Seattle, descreve em post recente o que ele chama de as oito verdades sobre o motivo da morte de Jesus na cruz. Ele ressalta que, embora incomum que alguém sacrifique sua vida por um amigo, ele acha impossível encontrar quem sacrifique a vida por um inimigo.

No post, Driscoll explica que Jesus fez um sacrifício “pelos ímpios”, e “independentemente de se admitir ou não, como pecadores, somos inimigos de deus, merecendo a morte e a ira de Deus, no entanto, Jesus morreu por nós. Ele fez o sacrifício final com a sua vida para você e para mim”.

As oito verdades “absolutamente essenciais, para entender porque Jesus morreu por nós e o que sua morte significa para nós”, estão listadas e explicadas por Driscoll. Confira a lista:

1. Deus é santo e sem pecado algum.
Deus é santo, sem pecado, e totalmente bom. Como tal, ele não pode estar na presença do pecado, e como um Deus justo, deve julgar o pecado e os pecadores (Levítico 11:44; Isaías 6:3, 1 Pedro 1:15-16).

2. Deus fez o mundo e nós como bons.
Não só é Deus bom, mas também tudo o que ele fez foi originalmente bom, incluindo os seres humanos, que foram feitas à sua imagem e semelhança (Gênesis 1:31; Eclesiastes 7:29).

3. Nos rebelamos contra Deus.
Embora Deus fez o mundo e nós como bons, nossos primeiros pai e mãe se rebelaram contra Deus, trazendo o pecado ao mundo. Este primeiro pecado foi tentando se tornar o Deus de nossas próprias vidas, fazendo a única coisa que nos pediram para não fazer. Desde então, temos procurado remover Deus do seu trono e colocar-nos no trono (Gênesis 3:1-7, Romanos 3:10-12; 5:12).

4. Nós somos pecadores.
Apesar do fato de que Deus criou o homem sem pecado, agora somos pecadores por natureza e por escolha, devido às ações de nossos primeiros pais. Quem diz que não é um pecador é, de fato orgulhoso, e de acordo com o pai da igreja, Agostinho, o orgulho é o pior dos pecados e foi a causa da queda de Satanás do céu. Mesmo os não-cristãos tendem a concordar que todos são pecadores quando eles declaram muitas vezes, “Ninguém é perfeito”, que concorda com as Escrituras (Salmo 53:3-6; Isaías 64:6, Romanos 3:23, 1 João 1:8) .

5. O pecado resulta em morte.
Deus é a fonte de toda a vida, e nossos pecados resultam em nossa separação dele. Assim como uma peça de tecnologia desconectada da sua fonte de energia continua a existir, mas é funcionalmente morto, assim somos nós mortos em nossos pecados. A Bíblia diz que por causa do pecado estamos fisicamente vivos mas espiritualmente mortos (Gênesis 2:16-17, Romanos 6:23, Efésios 2:1; Colossenses 2:13).

6. Jesus não tem pecado.
Jesus é a única pessoa que viveu ou viverá sem pecado (João 8:46; Hebreus 4:15; 7:26; 1 Pedro 2:22).

7. Jesus se tornou nosso pecado.
Na cruz como nosso substituto, Jesus voluntariamente se tornou pior do que somos. Isso não significa que Jesus pecou. Pelo contrário, significa que ele levou os nossos pecados como a sua responsabilidade e pagou o preço por eles que deveríamos ter pago. Martin Luther é um dos poucos teólogos que não diminui o golpe desta verdade e chama de a “grande troca”.

A Escritura declara que na cruz, Jesus trocou sua perfeição pela nossa imperfeição, sua obediência pela nossa desobediência, sua intimidade com Deus Pai para a nossa distância de Deus Pai, sua benção para a nossa maldição, e sua vida para a nossa morte (Isaías 53:6; 2 Coríntios 5:21).

8. Jesus morreu por nós.
A Bíblia ensina que em justiça perfeita, Jesus foi feito para ser o nosso pecado, Ele morreu por nós. A pequena palavra “para” tem grandes implicações. Em termos teológicos, isso significa que a morte de Jesus foi substitutiva. Sua morte foi em nosso lugar, apenas para nosso benefício, e sem benefício para si próprio. Ele pegou a pena pelos nossos pecados para que nós não tenhamos que sofrer penalidades. A ira de Deus que deveria ter caído sobre nós e da morte que os nossos pecados merecem, caíram sobre Jesus.

Driscoll finaliza dizendo no post que “Deus te ama e pagou o sacrifício supremo para atraí-lo para perto dele. Confie em Jesus com sua vida”.

Fonte: Gospel+

Seja o primeiro a comentar

Postar um comentário

Veja mais Curiosidades no doHITS
PageRank

  ©Garimpo Gospel - Todos os direitos reservados.

Template by Dicas Blogger | Topo